30 março 2010

Irmãs de Coleira. Qual o comportamento que se espera da submissa ?

Irmãs de Coleira. Muito se fala sobre isso. Não é nenhuma novidade o que as subs acham das chamadas “irmãs de coleira” - termo que é totalmente equivocado em minha opinião, uma vez que a rivalidade natural das mulheres impede o nascimento de um verdadeiro sentimento de irmandade. Já ouvi frases do tipo: Este Dono tem dona... Ela está tentando roubar Meu Dono... Não aceito dividir coleira... Ela quer me sabotar... Ela não vai pegar meu lugar... Sou melhor do que ela... Ele é meu... Tudo isso é absolutamente normal. É humano sentir ciúmes, defender o que lhe “pertence”. A maioria das submissas reage negativamente e a maioria dos dominadores até aceitam e negociam isto. Alguns fingem aceitar, e ficam com outra sub “por baixo dos panos”, mas quando são descobertos, dá muita confusão, pois a sub exige seus direitos. Outros acreditam ingenuamente que conseguem manter a situação totalmente sob controle, afinal são eles que mandam, e deixam duas ou mais subs conviverem como “irmãs”, em sessões conjuntas. Na frente dele, tudo bem, elas sorriem uma para a outra e tudo é maravilhoso, mas por trás... Ai, eles não conseguem entender o porquê de, algum tempo depois, alguma entrega a coleira, ou ambas. Só elas é que sabem o que aconteceu... É preciso desconhecer a psiquê humana para tentar juntar duas mulheres que disputam a atenção de um mesmo Dono, e acreditar que será linda a relação. O ciúme existe, e não dá para ignorá-lo. Uma submissa expressa seu desagrado, e briga pelos seus “direitos”.


Enfim...esse é o comportamento real de uma submissa, quando se tem uma irmã de coleira. Se formos sensatos verá que tenho razão. Mas não critico a liturgia de Doms que tem mais de uma submissa, cada um é cada um. Somente quis colocar em tese o comportamento da submissa em relação a uma irmã de coleira.

Abraços SM,

Dom Santiago.



Depoimento de uma submissa {stela} DK Dom Kallus
Extraido do blog (http://stelaadotadadedk.blogspot.com/2010/02/irma-de-coleira.html?zx=8857c4f3a83ef064). Com essa postagem bem interessante dela, iram perceber e esclarecer como funciona na prática ter uma irmã de coleira ou como se negociar uma irmã de coleira. Só para deixar claro, esse foi uma tema abordado pela submissa {estela} e são metodos de negociação do nobre DK, dono dela até a presente data.

Irmã de coleira


Quando comecei a conversar cm DK, quando estava ainda perdida e decepcionada, dizia que não poderia ter irmã de coleira, que não aceitava, etc...

Bem quero relatar a minha experiência anterior, aliás, a única com um Dono real, e porque me sentia assim, infelizmente foi uma experiência que me trouxe uma impressão muito negativa, de competição, comparação, magoa, ele costumava dizer sua irmã faz isso, ela é realmente uma submissa exemplo, e outros comentários, que cd dia me deixavam mais insegura... além de que sempre as decisões foram arbitrarias, no inicio da relação, afirmou que só entraria alguém depois de ser conversado, etc, e para minha surpresa um belo dia quando abri o orkut, tinha outra usando a coleira, declarando amor etc... e assim foram muitas atitudes, ele nunca fez questão da amizade e harmoniaentre as irmãs...pelo contrário estimulava a desarmonia. não vou me estender muito falando nisso, porque não vale a pena, serviu como aprendizado.. que existem dons e dons... felizmente DK entrou na minha vida, e com muita paciência, foi me mostrando,ensinando, nessa época DK tinha duas sub e logo em seguida mais uma na família, sempre falando, explicando que era imprescindível que para entrar na família, precisava antes de tudo ser aceita pelas irmãs.. etc.. nessa época eu o via como um bom amigo, mas fui me encantando pelo jeitinho dele, pelo carinho, sempre ansiosa, o momento que ele ia entrar e que poderia expor minhas dúvidas, medos e inseguranças, e ele derrubando meus argumentos.

Aprendi a ter uma boa convivência com ele, e cm as meninas, principalmente Nice e a Eliz.... acabaram saindo duas e ficou só a Eliz e foi acontecendo me tornei um membro da família, aprendi e aprendo muito cm a Eliz, é uma pessoa de ótima convivência, doce e amorosa (tanto que o apelido é docinho... rssss), conversamos bastante, choramos e rimos juntas, temos mil idéias, como será a meu encoleiramento real., sempre ela me dando forças, eu a ela, uma amenizando a saudade da outra qdo DK está ausente.

Já tivemos, creio bem de leve, algum desentendimento, mas sempre resolvido com muita conversa e humildade... estou aprendendo que ter irmã, pode ser sim uma experiência boa, porque ambas tem o mesmo intuito de satisfazer e dar prazer ao dono.

Postado por {stela}_DK às 2/09/2010

3 comentários:

  1. Dom Santiago,

    Há muito tempo não lia um texto tão realista, de um assunto tão complexo, pela visão de um Dominador.

    Parabéns pela clareza de idéias e por conseguir entender que nossas "almas fêmeas", são antes de tudo "almas femininas".

    Meus respeitos,

    Flores de {myrah}_ALDO

    ResponderExcluir
  2. Dono,
    parabéns pela coragem em falar de forma tão sincera e transparente sobre esta delicada questão.
    compartilho de Seu ponto de vista.
    sobre nós... sabe que Tem a decisão em Suas mãos e meu amor eterno.
    muitos beijos,
    {jhessy}SANTIAGO

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível, após ser aprovado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. "Apocalipse 21:6"

totalgifs.com gueixas gif gif fountainpchina.gif