14 fevereiro 2010

Práticas

Práticas e Gostos.

As práticas no BDSM são realizadas em jogos, cenas ou sessões das mais variadas formas, de acordo com a preferência dos parceiros. São altamente eróticas para quem as executa e, normalmente, acompanhadas por sexo ou excitação sexual. Há quem goste de amarrar, e os que preferem ser amarrados. Uns querem provocar dor, outros encontram na dor o seu maior prazer. Muitos procuram o controle psicológico e se realizam ao dar ordens ao parceiro, e outros, apenas em obedecer. Alguns fazem questão de serem submissos o tempo todo, outros, de dominarem sempre. Há ainda aqueles que gostam de trocar os papéis: serem submissos e dominarem, dentro de uma mesma relação, ou em relações diferentes. Os jogos envolvem desde palmadas, amarras, cócegas, chicotes, gelo e velas, a outras práticas mais complexas e originais.

Não existem fórmulas para se praticar o BDSM, cada um escolhe ou cria a sua. As pessoas fazem sua opção voluntariamente e por diversão, para dar e ter prazer, por isso é importante a afinidade nas práticas. É uma experiência infinita em crescimento, criatividade e exploração da interação humana. É um viver.
*texto extraído do site - Mestre K@ -


Shibari

Arte milenar japonesa de amarrar a pessoa para lhe dar prazer. Feito geralmente em mulheres, a corda é passada pelo corpo de forma estratégica que lhe dê prazer caso tente se libertar ou deixe certas partes do corpo mais sensíveis. A pessoa que recebe o Shibari se chama Dorei.





































Podolatria

Adoração por pés. Para o(a) submisso(a), existe a parte estética, a atração física pelo pé em si e o desejo de estar aos pés do Dominador(a).





































Humilhação

Jogo psicológico onde se subjulga o dominado através de palavras ou gestos que o atinjam. Deve se fazer com que o submisso entenda que faz parte do jogo, caso contrário ele sairá abalado da cena.















Agulhas

Deve-se ter extremo cuidado com esta prática. Deve-se ter muita prática e experiência no assunto. Sendo definitivamente uma prática para profissionais. Este jogo usa-se agulhas (de costura ou acupuntura) na pessoa para lhe dar prazer.
























Mumificação

Restrição por meio de mumificação por gaze, filme plástico, gesso, etc… Digamos que é uma subcategoria do Bondage.





































Self-Bondage

Prática de bondage feito por si próprio, ’se amarrar’. Deve-se ter cuidado ao praticar self-bondage.
























Fist Fucking

Em português: "foda de punho". Prática SM muito comum em todo o mundo que consiste na penetração do ânus ou da vagina com os dedos, a mão toda (punho), o braço ou até mesmo com os pés ("Feet Fucking"). Para que se consiga fazer FF com segurança, é necessário treino e conhecimento da técnica tanto por parte do "fister" (ativo), quanto do "fistee" (passivo). Quando o FF é feito de modo correto não apresenta risco à saúde, nem conseqüências futuras, mantendo-se a elestacidade natural da vagina e do esfíncter anal, sendo extremamente prazeroso.

















Bondage

Abreviatura internacional para "Bondage Domination" que significa "servidão e dominação" é BD, sendo muito comum o uso do termo "BDSM" para o SM embasado mais na idéia da dominação do que na idéia de dor. Normalmente o termo “bondage” refere-se a técnicas de imobilização e confinamento que incluem algemas, nós, grades, correntes e cadeados, gaiolas, cordas e até mesmo a mumificação completa do indivíduo.
























O uso de fitas adesivas e invólucros plásticos é igualmente comum, mas nestes casos um cuidado especial deve ser tomado quanto à restrição da respiração ou à escarificação da pele por contato com adesivos potentes ou com material impermeável. Uma especial atenção deve ser dispensada ao “bondage”, pois, assim como na maioria das técnicas SM, acidentes podem ocorrer por imperícia ou negligência e é necessário que o tanto o dominador quanto o submisso estejam muito conscientes dos riscos de cada procedimento e que saibam bem o que estão fazendo. Ainda na técnica de “bondage”se incluem as milenares artes japonesas do Shibari, com suas amarrações artísticas projetadas especificamente para a anatomia feminina.





































Ball Gag

Instrumentos que são inseridos na boca para evitar que um submisso(a) possa falar. Podem ter a forma de bola, freio; podem ser rígidas ou moles.

















Spanking

Técnica SM que envolve espancamento que varia desde o uso da mão, uma toalha molhada ou os famosos chinelos de dedo, indo até o uso do chicote, chibata ou do "paddle" (espécie de palmatória). O "spanking" também deve ser feito com consciência para não causar problemas de saúde. A região dos rins, da cabeça em geral e em especial a região das orelhas, dos olhos e do nariz, bem como a região abdominal deve ser evitada no “spanking”, mesmo que somente com o uso das mãos. O “spanking” genital é uma técnica bastante apreciada, mas bastante perigosa, como se pode imaginar e somente deve ser feita por pessoas experientes e conscienciosas. O “spanking” das plantas dos pés é conhecido como “tortura turca”, mas é igualmente muito perigoso e pode causar lesões físicas importantes. Na dúvida, a melhor região para a prática do “spanking” é mesmo a tradicional região das nádegas (o “bumbum”) como já sabiam nossas avós.

















Privações

É a prática onde se priva o (a) submisso (a) de alguns dos sentidos: a visão, a audição, a fala, usando como meios; vendas, mordaças, gag-balls, tampões de ouvido ou o uso de cinto de castidade.Outra atividade bastante comum é a "proibição" do gozo por parte do submisso(a), onde este deve aguardar a permissão de seu mestre ou dominador(a) para tal.





































Suspensão

Espécie de imobilização onde o peso do (a) submisso (a) é totalmente ou parcialmente suspenso.
























Tortura Psicológica

Técnica de SM que não envolve necessariamente nenhum contato físico podendo ser aplicada inclusive por telefone ou mensagens escritas. Em sua forma mais grosseira restringe-se à humilhação por uso de palavras fortes ou xingamentos ou a humilhação por exposição a situações sociais vexatórias, evidentemente respeitando-se sempre os limites do BDSM consensual e seguro. Mas verdadeira tortura psicológica, extremamente sofisticada e requintada, é a arte de localizar os pontos fracos da mente de uma pessoa e, através deles, ir minando aos poucos as defesas psicológicas que ela dispõe. Para que se aplique esta técnica é necessário um perfeito conhecimento de teorias psicológicas, bem como autocontrole e frieza, sendo imperiosa a constante atenção para que não ocorra uma crise catártica descontrolada ou inesperada por parte do dominador.





































Dog Play

Ato do submisso (a) se comportar como um cachorro ou cadela.
























Vela - Cera

Consiste no derramamento da parafina de uma vela que é gotejada no corpo do submisso (a). Geralmente é feito com velas brancas e não de muito perto.




















Trampling

É o ato de ser pisado (a) pelo dominador (a) estando este (a) descalço (a) ou com sapatos.
























Chuva de Prata

Chuva Prata é um termo usado indistintamente para três tipos de fluidos: suor, cuspe e para os líquidos sexuais (esperma e gozo feminino).
























Chuva Dourada

É ato de urinar ou receber o jato urinário do parceiro(a), chegando-se, em alguns casos, a beber a urina. A urina pode ser depositada no ânus ou vagina.



















Infantilismo

Prática que visa tratar e cuidar da pessoa como um bebê ou uma criança. Fazendo-o usar fraldas, mamadeiras, chupetas.


















Eletroestimulação

Ato onde se usa pequenas descargas elétricas para torturar o submisso.


















Pony Girl / Dog Woman

Prática de submissão onde o submisso assume papel de cavalo ou cachorro respectivamente. Sendo tratado como tal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário estará visível, após ser aprovado.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. "Apocalipse 21:6"

totalgifs.com gueixas gif gif fountainpchina.gif