21 março 2010

Formas de se encarar o BDSM

Existem várias formas de se viver e encarar o BDSM, por exemplo:

1. Uma parafilia (padrão de comportamento sexual no qual a fonte predominante de prazer não se encontra na cópula, mas em alguma outra atividade)

2. Uma forma de relacionamento extremamente prazeroso

3. Uma filosofia de vida

4. Perversão ou Anormalidade

5. Um Fetiche

6. Uma tábua da salvação

7. Palavras vagas para alguém que procura incautos para sexo fácil

Bom, se você considera como sendo os itens 1 a 4, leia esse meu blog, você conseguirá informações que poderão te ajudar a confirmar e mudar seu ponto de vista.

Se você acha que é um fetiche direi que você está parcialmente certo. O Fetiche é a principal porta de entrada do BDSM, é o que atrai e aproxima os baunilhas (não adeptos do BDSM). Tome cuidado, quando você mesmo esperar poderá estar envolvido por um prazer inimaginável para quem não conhece esse novo mundo e se tornará um adepto.

Se você acha que é uma tábua da salvação te faço um alerta seja você Top (Dominador, mestre, Dono) ou bottom (sub, escrava, kajira, cadela):

Se você se definir como sub, vá com muita calma. Salve-se antes e depois procure o BDSM. Uma sub não é fraca e/ou burra. É preciso ser forte para se submeter de verdade a alguém, e é preciso um mínimo de inteligência para reconhecer seus limites.

Se você se definir como Dom, pior ainda. É irresponsabilidade de brincar com coisas que você não conhece, pode causar danos físicos e mentais a outros e a você mesmo. Isso pode se tornar um crime.

Um conselho a todos, conheçam-se bem, o auto-conhecimento é ao mesmo tempo o caminho e a garantia de uma relação BDSM saudável e prazerosa.

Se você acha que é apenas sexo fácil, nem vou perder meu tempo falando algo, não existe nada fácil no BDSM, nem para sub, nem para Dom.

7 comentários:

  1. Olá, estou visitando seu blog a primeira vez... Achei suas postagens por vezes divertidas, mas muito sensatas. Gostei em especial dessa. Eu vejo BDSM como, realmente, uma filosofia de vida, e uma tábua de salvaçao. Acho que você poderia ter comentado também o item 7, que também é uma das formas que BDSM é visto por quem não tem conhecimento.

    De qualquer forma, logo logo estarei criando um perfil no blogspot e aproveitarei para seguir seu blog ^.^

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Saudações SM.
    Agradeço a visita, desde já, seja sempre bem vinda(o).
    Abrs,
    Dom Santiago.

    ResponderExcluir
  3. Ola...adorei sua postagem principalmente quando diz que o "mundo" bdsm não é facil....

    ResponderExcluir
  4. Boa Tarde, adorei seu blog concordo plenamente quando diz que o mundo bdsm não é facil...e para uma mulher se colocar como sub tem que ser muito forte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto querida.

      Obrigado pela visita.

      Abrs,

      Dom Santiago.

      Excluir
  5. Olá, estou visitando seu blog ela primeira vez e o achei simplesmente incrível. Sou novata neste mundo BDSM e estou gostando muito, entretanto acho que a palavra "novata" é um conceito relativo se referindo ao sadomasoquismo em si. Acho que sou masoquista desde criança e, é claro que saber disto só melhora a minha vida... No entanto, não estou aqui para falar de mim,mas sim para dize que achei suas postagens magníficas e que me ajudou a esclarecer algumas dúvidas.Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita. Seja sempre bem vinda!

      Dúvidas a disposição.

      'Santiago

      Excluir

Seu comentário estará visível, após ser aprovado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. "Apocalipse 21:6"

totalgifs.com gueixas gif gif fountainpchina.gif