16 junho 2013

Slave Training

Existe uma forma correta para treinar seu Slave ?

Eu acredito que cada pessoa é diferente, e também que cada situação é única. Você deve então adaptar o treinamento de acordo com a personalidade de sua submissa, assim como o relacionamento de vocês e seus estilos de vida. Se sua sub/ escrava é rebelde, você terá que optar por punições mais severas, mais fortes e com maior frequência. Mas se sua sub/ escrava for mais mansa, punições psicológicas são provavelmente a melhor maneira de treiná-la, e desta forma, você não irá destruir a confiança dela, além de que irá ajudar sua auto-estima, enquanto corrige aquilo em no comportamento dela de que você não gosta. Resumindo, não há uma única fórmula para todas.

Mesmo não podendo dar a você um manual de como treinar sua submissa, eu posso te passar uma direção geral e dicas que você possivelmente pode seguir.

Para iniciar o treinamento o dominante deve analisar algumas questões, o primeiro passo é uma avaliação, onde o dominador busca aprender as necessidades especificas, forças, fraquezas e desejos de sua sub. Esta avaliação com certeza inclui aspectos sexuais, mas não se limita somente a isso. Muitas vezes, o treinamento sexual e as atividades sexuais para uma submissas são exposições com outros propósitos e objetivos além de meramente uma experiência de um grande orgasmo.

As ferramentas de como treinar sua submissa e de como desenvolve-la são usadas com base em suas situações como se o relacionamento com o dominador acontece cara a cara. Em experiências na vida real, geralmente o dominador irá promover um treinamento com instruções diretas a submissa. Começando devagar, com breves momentos de instruções e simples atividades, o dominador começa a introduzir a submissa à novas experiências.

Categorias:




























Física: O treinamento físico engloba áreas que necessitam de movimentos, posições e habilidades físicas como dançar. Existem diferenças entre dominadores como por exemplo como um treinamentos físico é desejável e importante para o desenvolvimento de sua submissa, mas algumas coisas normalmente são ensinadas.


Verbal: Basicamente, treinamento verbal inclui como a submissa deverá abordar seu dominador. Minha experiência diz que os dominadores preferem escolher como querem que suas submissas os abordem então, pode ter certeza que essa informação será dada a você.


Mental: Treinamento focado no reino mental envolve coisas como memorização, manutenção de um diário, desenvolvimento de habilidades de concentração (ou meditação), aquisição de um novo conhecimento, desenvolvimento de habilidades de resolver um problema e aprender a fazer as vontades de seu dominador com eficiência, desenvolver grande determinação em agradá-lo e persistir em buscar tarefas e atribuições onde você possa ser bem sucedida.


Emocional: Este treinamento tem o objetivo de ajudar uma submissa a aprender mais sobre ser obediente ou voluntariosa.


Sexual: Além da simples relação homem-mulher pênis-vagina, este treinamento possibilita tópicos de treinos sexuais para a iniciante que inclui coisas como:

1. Aprender a experimentar o aumento da excitação
2. Aprender a se tornar sexual em novas maneiras
3. Superar tabus sexuais (ex.: mental, moral, ético, vergonha)
4. Envolvimento erótico (ex.: dança erótica, striptease, pole dancing)
5. Restrições a masturbação frequente
6. Controle ou negação do orgasmo
7. Superar vergonha do corpo.

- Disciplina e correção: Alguns podem ver estes dois temas como significando essencialmente a mesma coisa. Alguns podem se perguntar por que a punição não está incluída neste título. As correções podem envolver punições, mas uma punição é geralmente punitiva enquanto uma correção precisa não ser punitiva de modo algum.

- Sessões e protocolos: Uma sessão pode ser definida como qualquer ação formal ou conjunto de ações, repetidas de forma específica e estruturada. Sessões são feitas com no nível subconsciente, fazendo com que a prática da sessão seja uma forma muito eficaz de moldar as convicções de uma pessoa, a imagem que ela tem dela mesma, seus pensamentos e comportamento. Deste modo, sessões são a peça importante para um treinamento de submissa e a ferramenta frequentemente usada por dominadores.

Embora existam algumas cerimonias BDSM reconhecidas, como cerimonias de encoleiramento, apresentação formal, etc, existem sessões BDSM não reconhecidos. No entanto, alguns pontos que dominadores geralmente tem em mente quando criam ou usam sessões.

Sessões tem exatamente uma estrutura repetitiva, basicamente um script. Repetir as mesmas coisas com regularidade ajuda a colocar o hábito no subconsciente.

Sessões devem ter um propósito definido, um objetivo ou meta. Se a submissa está ciente disso ou não, o dominador pelo menos deve estar.

A maioria das sessões eficazes tem relação direta a uma atividade especifica ou evento.

Sessões devem ser simples, usando poucas palavras e atos.

Sessões devem ter um começo e um final definidos.

O número de sessões deve ser limitado. Se forem muitas, elas se tornam difíceis de serem lembradas, se tornam um fardo e com espontaneidade limitada.

- Então, como você pode ver, um treinamento varia da situação e da preferencia do indivíduo e de sua personalidade. Antes de começar qualquer coisa, tenha certeza de todas as partes e possibilidades são conhecidas por você e limites físicos e lógicos estão no lugar e de acordo.



Conteúdo Original em Inglês extraído do Blog: bdsmunveiled

Traduzido por: 'Santiago e Srta. Nati 


3 comentários:

  1. Muito esclarecedor este artigo. São detalhes relatados que dão a nítida realidade do mundo que estou fascinada a seguir. Obrigada!

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível, após ser aprovado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. "Apocalipse 21:6"

totalgifs.com gueixas gif gif fountainpchina.gif